x

Fique por dentro de todas as novidades do Portal Escolha Com Saúde. Coloque seu email abaixo e faça parte de nossa comunidade!


Cadastre-se gratuitamente e receba todas as novidades do site
Enviar para um amigo »

Nome:


E-mail:


Mensagem:



Para entrar com uma rede social você precisa aceitar os termos abaixo:


Enviar mensagem »

Nome:


E-mail:


Mensagem:



Conteúdos Gratuitos

Insira seu e-mail abaixo para receber este e-book e todas as novidades do Escolha Com Saúde por e-mail!

Crie sua conta!



OU
Fechar
*
*
*
*
*
*
*
Força da Senha

Caso você utilize Hotmail, Outlook ou Yahoo, verifique se o seu e-mail de confirmação de cadastro não está em sua caixa de Spam.

Para entrar com uma rede social você precisa aceitar os termos abaixo:





Fazer Login!



OU
Quero me cadastrar | Esqueci a minha senha
  • Cadastre-se
  • Entrar
  • Contato
  • MANTEIGA GHEE: CONHEÇA OS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE E EM QUAIS CASOS ELE NÃO PODE SER UTILIZADO

    0

    A MANTEIGA GHEE E SEUS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

    A MANTEIGA SEM LACTOSE E SEUS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

    O que é manteiga ghee?

    É o óleo purificado da manteiga, onde toda a água e os elementos sólidos e toxinas da gordura do leite e lactose são completamente removidos.  Embora seja inteiramente preparado a partir da manteiga, suas propriedades, de acordo com a Ayurveda, diferem muito da manteiga em si. Quando o ghee é preparado através do método tradicional de aquecimento e coação, toda a água é evaporada e os elementos sólidos da gordura do leite são completamente removidos. O resultado é um óleo dourado e brilhantemente transparente que não fica rançoso. Este é o ouro líquido que aparece nas antigas escrituras indianas. E este é o ghee que encontrará um lugar em todos os alimentos que você preparar.

    Mas vamos começar desde o início para você entender e ter mais motivos para trocar sua manteiga tradicional pelo ghee. Assim como a manteiga tradicional, o ghee é feito do leite de vaca ou de búfala. A diferença é que passa por um processo de clarificação, onde é retirada toda a lactose, sal e qualquer toxina que possa fazer mal ao organismo. Por isso ela é considerada mais pura e benéfica do que a manteiga normal.

    Quais os benefícios da manteiga sem lactose?

    A manteiga sem lactose contém vitamina A, o que a torna um excelente antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce e protegendo as células dos radicais livres. Além disso, ela tem poder anti-inflamatório. Por não conter sal, nem toxinas, ela não aumenta a retenção de líquido. Além disso, alguns estudos apontam que esse alimento ajuda na prevenção do câncer de mama.

    O ghee preparado adequadamente apresenta as seguintes qualidades: não contém sal, não contém lactose, não produz fumaça em temperaturas altas, não necessita de refrigeração.  É utilizado por naturopatas em diversas culturas, que extraem seus poderes curativos e rejuvenescedores. 

    Como fazer a manteiga sem lactose?

    Durante este processo de clarificação, a manteiga sem sal é derretida de forma lenta e as gorduras saturadas vêm para a superfície em blocos, formando uma camada de espuma densa. Esta espuma é retirada várias vezes, até que se eliminem todos os resíduos da manteiga, até que toda a água evapore e reste apenas o óleo, que é então coado em um tecido fino. O processo de clarificação da manteiga dura em torno de 1 a 2 horas, dependendo da quantidade usada.

    Embora isso não esteja mostrado nesta imagem, é melhor que seja preparado em panela de vidro ou inox, em banho maria. Coloque água numa panela, com um pano no fundo, e o recipiente com a manteiga dentro. Desta forma, a manteiga não queimará.

    Mas nada de consumir a manteiga sem lactose exageradamente; apesar dos benefícios nutricionais, ela continua sendo um tipo de gordura e tem cerca de 110 calorias por colher de sopa.

    Existem benefícios para a saúde em utilizar a manteiga sem lactose?

    Na Ayurveda, o ghee é considerado Rasayana, ou seja, um alimento rejuvenescedor e regenerador, um tonificante que aumenta a força e a expectativa de vida, de propriedades emolientes, que serve de base para diversas preparações medicinais – é considerado um ótimo “portador” para todas as ervas que são tomadas com ele. Além disso é utilizado em técnicas de massagens, pois nutre tecidos profundos, sendo muito bom para peles secas e para prevenir rugas.

    Também é extremamente benéfico para o fígado, útil para inflamações gastrointestinais e no combate à úlceras, ajuda a equilibrar o fogo digestivo no organismo, fortalece o sistema imunológico, ajuda no tratamento dos pulmões, na melhora da memória e é utilizado em algumas técnicas para refrescar e nutrir os olhos. É um ótimo purificador dos canais e condutos do organismo, não apenas os físicos, mas também os energéticos e sutis. É um tônico que fortalece e regenera os fluidos, e é lubrificante, aumentando a flexibilidade.

    Tem um sabor maravilhoso e é um ótimo óleo para cozinhar. Além de seu aroma refinado e sabor delicado, tem alto nível de resistência ao calor, e não queima facilmente. Legumes, verduras, tortas e outros alimentos preparados com ghee são muito saborosos e nutritivos.

    Ghee na gastronomia:

    O sabor da manteiga sem lactose é mais acentuado do que a manteiga tradicional, por isso ela pode ser usada em menos quantidade. Na culinária, ela pode ser utilizada na mistura e cozimento dos alimentos, ou até mesmo passada no pão, como a manteiga tradicional. Outra maneira é misturando-a a outros ingredientes funcionais como ervas, castanhas e sementes, criando um tipo de patê saudável.

    Está gostando desse artigo? Então cadastre-se abaixo para receber todas as novidades do Escolha Com Saúde no seu e-mail:

    Quem tem intolerância pode consumir a manteiga sem lactose?

    Se você tem alergia e/ou intolerância, a recomendação atual é que se evite completamente o ghee, mesmo em casos de alergia/intolerância leve, já que, por se tratar de um produto obtido de forma artesanal, podem restar resíduos que mesmo em quantidade mínimas, podem causar reações desagradáveis. Se for o seu caso então, evite!

    Por que usar a manteiga sem lactose? 
    1. Graças ao seu sabor característico e bem marcante, você não precisa de grandes quantidades a cada preparo. Teste nas suas receitas que levam manteiga ou outro óleo usando sempre um pouco a menos de ghee do que a receita pede de manteiga ou óleo. Em geral eu uso pouco mais da metade do que a receita pede.
    2. O ghee ou manteiga de garrafa tem um ponto de fumaça mais alto que manteiga e diversos outros óleos refinados, o que significa que não queima ou se oxida facilmente. Isso faz com que o ghee seja ideal para assar, fritar ou refogar.
    3. O ghee, especialmente aquele preparado a partir de leite de vacas criadas soltas, é um alimento rico em vitaminas e antioxidantes, assim como ácido linolenico, um ácido graxo conhecido por proteger com agentes carcinogênicos, placas arteriais e diabetes. O ghee também é riquíssimo em ácido butírico, uma gordura monoinsaturada que ajuda a diminuir o estado inflamatório. O ghee também é rico em vitamina K2, um nutriente que vem sendo cada vez mais estudado e cada vez mais recomendado entre os bons profissionais de saúde.
    4. O ghee contém uma combinação de gorduras saturadas e insaturadas e inclui gorduras de cadeia curta, o que o torna um alimento de fácil digestão.
    5. Você pode utilizar o ghee em receitas doces e salgadas, sem problema algum.
    6. Seu preparo não é particularmente complicado, mas exige algum tempo de dedicação, portanto o ideal, se você decidir prepará-lo em casa, é preparar uma quantidade maior e tê-lo sempre armazenado, pronto para uso.
    Como usar ghee?
    • Espalhe nas suas torradas feitas com pão (de fermentação natural, tá?!);
    • Use para preparar sua pipoca;
    • Refogue suas verduras e legumes com ghee;
    • Use para grelhar suas carnes;
    • Use no lugar de óleos refinados ou manteiga em qualquer receita.

    Você pode comprar seu ghee ou manteiga de garrafa prontos ou pode fazer em casa. A opção de preparar em casa geralmente é mais barata.

    ATENÇÃO:

    Este produto não contém lactose, mas ponde conter traços de leite.

    Referências Bibliográficas:

    MACHADO, Bruna A.S.; DRUZIAN, Janice I. – Análise da estabilidade e da composição em ácidos graxos em manteiga de garrafa produzida artesanalmente – Artigo original – Revista Inst. Adolfo Lutz, 68 (2): 201-8, 2009.

    SANT’ANA, Helena – Medicina Hindu: Práticas Eruditas e Populares – Workshop sobre Plantas Medicinais e Práticas Fitoterapeuticas nos Trópicos: IICT/CCCM, 2008.

    BASTOS, Susana Pereira, e BASTOS, Gabriel Pereira (2001), De Moçambique a Portugal: Reinterpretações Identitárias do Hinduísmo em Viagem, Lisboa, Fundação Oriente.

    GERSON, Scott ( 1995), Ayurveda: A antiga medicina indiana ; Lisboa, Estampa.

    GOPALAM, C.; Suminder Kaur (1989), Women and Nutrition in India, New delhi, Nutrition Foundation of India.

    WISE, T.A. ( 1845), Commentary on the Hindu System of Medicine, Calcutta, Baptist Mission Press.

    WEBER, Max (1958), The Religions of India, Nova Iorque, The Free Press.

    WhatsApp


    Comentários

    Comentários


    Voltar para a capa do Escolha com Saúde (clique aqui)


    Fechar
    Nutricionista e pós-graduanda em nutrição clínica esportiva. Intolerante à lactose. Atua em Goiânia com capacitação em empresas da área de alimentação, atendimentos domiciliares e em consultório. Grande parte de seu público é formado por atletas e por pessoas que apresentam alguma patologia associada a uma alimentação desequilibrada como obesidade, diabetes e hipertensão. CRN 9289

    Deixe um comentário